Dores na coluna são sinais de alerta

Postado em Atualizado em

      Em geral, as dores na coluna são causadas por vícios posturais. Sentamos de maneira errada, abaixamos de maneira errada e dormimos errado. Para muitas pessoas, sentir essas dores após um longo dia de trabalho ou ao levantar da cama tornou-se parte da rotina. Mas isso não é normal.

      A dor é o sinal de que algo está errado. Devemos tratar a causa do problema for para evitar que evolua para lesões mais graves. A tendência do nosso corpo é assumir posições confortáveis para economizar energia e isso deve ser monitorado para não se tornar um problema.

      Alguns sintomas da postura errada são formigamentos e dores agudas, que podem afetar outros membros, como ombros, pés e joelhos. Devemos prestar atenção aos sintomas e na origem das dores nas costas e é crucial que procurar um profissional de saúde para iniciar um tratamento imediato. Exercícios físicos e sessões de fisioterapia podem ajudar dependendo da evolução do problema.

exercício pilates coluna

      Certas profissões exigem que a pessoa fique com a coluna vertebral em uma mesma posição por um longo tempo ou faça movimentos repetitivos que podem causar desgaste ósseo. Por isso, empresas de diversos setores têm investido em programas de qualidade de vida com ações de ergonomia e saúde postural. Aproveite esses momentos para exercitar e tirar dúvidas. Caso persistam os sintomas procure um médico.

Dez Sinais de dores na coluna que sugerem disfunções vertebrais

Se você responder sim a qualquer uma das perguntas a seguir, você deve consultar um especialista em coluna:

dor lombar

1. Sua dor na parte inferior das costas se prolonga até sua perna?

Se a dor é persistente e severa, ela é um sinal de que algo está comprimindo um nervo (comumente o nervo ciatico) que se prolonga de suas costas para a perna.

2. A dor na sua perna aumenta se você levantar seu joelho até o peito ou se curvar sobre ele?

Em caso positivo, há uma grande possibilidade de um disco estar irritando um nervo (provavelmente ciático).

3. Você sentiu uma dor muito forte após uma queda recente?

Uma queda pode causar danos a sua coluna. As chances de lesões aumentam se você tiver osteoporose ou se estiver gestante.

4. Você Possui disfunções ou problemas de postura?

Durante a infância e adolescência, desenvolvemos vícios posturais que na fase adulta podem se estruturar em problemas de postura que com o tempo passam a gerar dores musculares, como segue abaixo.

 5. Você tem sentido dores nas costas que pioram quando você repousa ou que o acordam à noite?

Se isso estiver acompanhado por febre, pode ser sinal de que há uma infecção ou outro problema, se não, identifica compressão em nervos que pioram durante o repouso do sono.

6. Você tem sentido dores nas costas significativas por mais de três semanas?

Geralmente, a dor desaparecerá com um tratamento simples. Entretanto, se sua dor persistir, você deve consultar um especialista em coluna.

7. Você tem problemas persistentes de bexiga ou de intestinos ou cólicas em período menstrual associados a dor lombar?

Problemas de bexiga ou de intestinos podem ter diversas causas, mas alguns problemas de coluna podem causar esses sintomas, portanto há a necessidade de investigar. Em caso de cólica menstrual associada a dor lombar, justifica-se pelo aumento de tensão dos músculos lombares durante este período, que podem ser devidos a ma postura.

8. Você acorda frequentemente com dores no corpo e associa que piora durante o sono?

Devemos estar atentos a postura de dormir, pois dores na coluna causam distúrbios do sono e o uso de cama ou travesseiros inadequados pioram as dores. O ideal e manter a coluna alinhada, podendo usar um travesseiro embaixo da cabeça e outro entre as pernas, alinhando a coluna cervical e lombar com a coluna torácica.

9. Você fica com as pernas adormecidas ou enfraquecidas ao caminhar?

Esses problemas podem ser causados por um estreitamento do canal vertebral. Isso é chamado de estenose vertebral onde pode estar havendo um pinçamento de nervos.

10. Você sente dores de cabeça em aperto na região da nuca que desce para os ombros, podendo chegar ate os braços?

Quando ocorrem disfunções na coluna cervical comumente pode ser devido a compressão de nervos dos ombros, braços, cabeça.

Vimos as dicas aqui.

Anúncios

Comer: um grande prazer ou uma “válvula de escape”?

Postado em Atualizado em

      Comer é uma necessidade fisiológica de todo ser vivo, mas o ser humano é o único animal que se alimenta para satisfazer necessidades que vão além da simples nutrição.

      Se pararmos para analisar, a história da humanidade pode ser observada em volta de uma mesa. Comer é um ritual social que praticamos desde a época das cavernas. O momento da refeição é carregado de significados e tem função social na vida humana.

      É engraçado que quando se trata de comer, nossa espécie é especialista no assunto. Comemos quando estamos felizes e comemos mais ainda quando estamos tristes. Comemos para suprir inseguranças, angustias e faltas. Comemos para comemorar, sair com os amigos ou reunir a família. Comemos para experimentar o mundo. Não importa, sempre comemos.

     Na Hierarquia das Necessidades de Maslow, as necessidades fisiológicas (comer, dormir, respirar, evacuar) constituem a base da pirâmide. Logo, segundo a teoria, essas necessidades devem ser atendidas para que possamos “escalar” de nível.

piramide necessidades de maslow

     Observe que a alimentação é tratada na Pirâmide como o ato de ingerir alimentos que possam nutrir o corpo, a fim de que possamos nos preocupar com a próxima fase. Isso poderia ser simples como uma equação matemática, mas não é bem assim que funciona.

    Podemos perceber que, para a maioria das pessoas, a alimentação tem cumprido uma função contrária ao movimento apresentado, ou seja, ela vem suprindo a falta das próximas fases, como na escala “segurança” ou “relações sociais”.  Nesse sentido o ato de alimentar-se deixa de ser “ato” e passa a ser “efeito”, o que pode resultar em transtornos alimentares adoecendo o indivíduo.

     Comer não é ruim, muito pelo contrário. Todo o problema reside na pergunta “o que comemos?”.  Alimentar-se em abundância não significa alimentar-se bem.

      A alimentação saudável consiste na ingestão de todos os nutrientes necessários para o funcionamento do nosso metabolismo: carboidratos, fibras, vitaminas, sais minerais, gorduras e água. Todos esses itens são importantes para o organismo e devem participar da alimentação diária de cada indivíduo e devem ser distribuídos entre as refeições.

comer bem prato saudavel

      Lembre-se que para você estar bem, ter saúde é o primeiro passo. Tenha atenção ao que você come, como come e quando come. Não torne a alimentação uma válvula de escape. Não adoeça o seu corpo. Busque diversificar os alimentos e fuja dos excessos. Na dúvida consulte médico ou nutricionista.

    Comer é um grande prazer. Controle a sua alimentação hoje para não ter que restringir amanhã.

O que te cura é o que me adoece

Postado em Atualizado em

“A busca da felicidade é uma das principais fontes de infelicidade.”

―Eric Hoffer

causas depressão

                   Antigamente era muito comum escutarmos as frases prontas: “Depressão é falta de trabalho” ou “vai fazer comprar que a depressão vai embora”. Hoje alguns clichês ainda fazem parte da nossa rotina quando falamos dessa doença, mas se analisarmos esses frases vamos encontrar uma semântica de ordem e de lógica que sempre leva a mesma solução. Sem pretensão de entrar no mérito sobre ações eficazes, mas no intuito de provocar uma reflexão sobre os valores que aplicamos a essa doença, vamos analisar o contexto onde estamos inseridos.

      A depressão é uma tristeza que progressiva que causa prejuízos à vida do paciente e afeta e muito sua qualidade de vida. Nesses casos, o simples aconselhamento não leva a pessoa a nada, muito pelo contrário, pode provocar uma piora em seu quadro uma vez que a impomos uma regra que não se aplica, como por exemplo, TER recursos que “comprem” a sua própria felicidade.

     Neste sentido, deixo o TER com letras maiúsculas para dar ênfase ao sentido de poder, possuir, gozar de, obter, e assim por diante. É perceptível como o comportamento das pessoas vem sendo regido pela cultura do imediatismo e consumismo desenfreado. Essa necessidade pode levar a pessoa a uma sensação de satisfação imediata, instantânea como uma pílula da felicidade.

     Essa condição pode ser vista como “sine qua non”, expressão que se originou do termo legal em latim que pode ser traduzido como “sem a/o qual não pode ser”. Refere-se a uma ação onde a condição ou ingrediente é indispensável e essencial. Assim, a busca pelo TER vem construindo e moldando os valores do nosso tempo, tornando-os vazios e resultando em uma sociedade cada vez mais medicada e doente.

      A medicação é uma busca de sanar as angustias e o vazio existencial que resulta da busca de coisas irreais. A maioria das pessoas nem sabem o procuram e estão mergulhadas na busca incessante por algo que dê sentido a própria vida.

      Essa análise tem somente a intenção de trazer entendimento sobre aquilo pode fazer com que adoeçamos. Precisamos começar a buscar nossas curas diárias em algo que traga um significado para a nossa vida, e não em soluções momentâneas para o sofrimento. Nesse momento, você está sendo convidado a pensar no que realmente te faz feliz.

Carlinda Martins Sampaio – Psicóloga

CRP 04/04170

Hidrate-se para a vida!

Postado em Atualizado em

     Você chega em casa cansado. O dia foi corrido, você tomou café da manhã e almoçou na rua. Pegou trânsito, atendeu várias ligações e tomou um litro e meio de café. São oito horas da noite e se dá conta que ainda não tomou nem um copo de água no dia.

Quem nunca?

      Você corre pra lá e pra cá, toma rios de café, refrigerante e suco de caixinha! Comeu uma fruta? Já merece ir pro céu! Não tomou água e pior, não sentiu sede.

agua beneficios para o organismo

     Resposta óbvia: tomar água é um hábito. Se você cultiva esse hábito e deixa de tomar água pela manhã irá acabar sentindo uma falta tremenda! Se não, substituí por qualquer líquido colorido, doce e gelado.

    Para o bom funcionamento do organismo é necessário que tomemos pelo menos 2 litros de água. Pode parecer muito, mas se dividirmos em copos de 250 ml – aquele clássico descartável do escritório – são 8 copinhos. Dá um copo por hora de trabalho! Portanto, convenhamos, não é nenhum sacrifício. É hábito.

    Beber água regularmente:

1. Melhora o funcionamento dos rins;

2. Auxilia no trabalho do intestino, na absorção e transporte de nutrientes;

3. Regula a temperatura corporal;

4. Aumenta a vitalidade da pele;

5. Limpa o organismo e auxilia no processo de emagrecimento.

Não beber água:

1. Faz com que a pessoa entre em processo de desidratação, com sintomas que vão evoluir de acordo com o quadro que ela se encontra;

2. Predispõe o organismo a desenvolver doenças infecciosas;

3. Causa confusão mental, principalmente em idosos;

4. Câimbras e fadiga;

5. Interfere no funcionamento intestino e absorção dos nutrientes.