Pilar Físico

Linhaça: Dourada ou Marrom?

Postado em Atualizado em

Como escolher?

         Resistente, a casca da semente dificulta o acesso aos nutrientes que fazem sua fama. Então, para aproveitar tudo, o melhor é investir na farinha de linhaça. No caso da marrom, bem comum no Brasil, a quantidade de fibras alimentares é maior. Já a dourada, originária do Canadá, tem mais calorias e é rica em ácidos graxos ômega-3 e ômega-6 – bons para a saúde. Para barrar a compulsão alimentar, a versão escura é a mais indicada. “As fibras estimulam a saciedade, reduzindo, assim, a vontade de beliscar ao longo do dia”, explica a nutricionista Wânia Monteiro, professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Quando são as dores articulares ou o acúmulo de gordura abdominal que incomodam, a história muda. “Aí, eu recomendaria a farinha de linhaça dourada por causa do efeito anti-inflamatório”, diz a especialista. Esse tipo também é conhecido por ajudar no controle da pressão arterial. Como se vê, ambas têm virtudes. a escolha depende das suas necessidades.

Energia 

Farinha marrom 90 cal
Farinha dourada 128 cal

Carboidratos
Farinha marrom 2,6 g
Farinha dourada 4,4 gfarinha de linhaça emgrece

Proteínas
Farinha dourada 5,8 g
Farinha marrom 5 g

Fibras
Farinha marrom 12 g
Farinha dourada 7,6 g

Lipídios
Farinha marrom 6,6 g
Farinha dourada 9,6 g

Ômega-3
Farinha dourada 5,6 g
Farinha marrom 3,6 g

Produção Andrea Silva | Fonte: Wânia Monteiro, professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Anúncios

Maçã: propriedades e benefícios

Postado em

        O consumo regular de maçã é excelente para se prevenir e manter a taxa de colesterol em níveis aceitáveis, com a ingestão recomendada de uma unidade por dia. Esse efeito é devido ao alto teor de pectina, encontrada na casca.

         A fruta auxilia no processo de emagrecimento, pois a pectina dificulta a absorção das gorduras, da glicose e elimina o colesterol. O alto teor de potássio contido na polpa da maçã libera o sódio excedente, eliminando o excesso de água retida no corpo. Essas propriedades medicinais  produzem efeitos benéficos sobre o coração, tanto pelo elevado teor de potássio, quanto pela presença de pectina, que evita a deposição de gorduras na parede arterial, prevenindo a arteriosclerose, melhorando a circulação sanguínea, reduzindo o trabalho cardíaco e prolongando a vida útil do coração.

           A maçã também pode ser usada como uma espécie de laxante, pois auxilia na eliminação das fezes. Atua da seguinte maneira: durante a digestão, absorve a água, e, durante a eliminação, liberta esta água que ficou armazenada, não deixando que as fezes sequem e causem problemas como a prisão de ventre.

benefícios da maçã para saude

      A fruta contém as vitaminas, B1, B2 e Niacina, além de sais minerais, como fósforo e ferro. É rica em quercetina, substância que ajuda a evitar a formação de coágulos sanguíneos capazes de provocar derrames. A maçã é recomendada para pessoas com problemas de intestino, obesidade, reumatismo, gota, diabetes, enfermidades da pele e do sistema nervoso. A sua casca seca é empregada como chá para purificar o sangue e como diurético.

       Para melhor aproveitamento das suas vitaminas, o ideal é consumi-la ao natural (e com casca), pois é junto dela que está a maior parte das suas vitaminas e os sais minerais.

        Na hora de comprar, escolha as de casca de cor acentuada e brilhante, polpa firme, pesadas, sem partes moles, furos ou rachaduras.

 Fonte: Wikipédia

A obrigação de SER FELIZ

Postado em

          Estamos mergulhados em um turbilhão de informações, conteúdos e expectativas sobre quem somos e o que fazemos. Fomos educados segundo parâmetros culturais que impõe que cada um de nós é protagonista da sua própria vida. Ser feliz é consequência de uma vida bem vivida, é quase uma obrigação moral, afinal estamos vivos em um mundo cheio de possibilidade. Estão tudo em nossas mãos.

          Basta ligar a televisão ou assistir a um comercial. A obrigação de ser feliz é vendida pelo cinema, publicidade, livros e redes sociais. Todo mundo está empenhado em ser, ou pelo menos em parecer, feliz.  Se você não está no mesmo barco já tende a se sentir deslocado e culpar alguém ou alguma coisa pelo que acontecendo. O normal é fazer barulho, exibir e curtir a vida, pois afinal, só temos uma.

felicidade no trabalho

        Equilibrar família, namoro, trabalho, amigos, dinheiro e autorrealização não são tarefas simples, realizadas com aqueles 10 passos do livro de autoajuda. Isso exige dedicação, tempo e paciência. Além disso, a vida nos impõe vários fatores com os quais precisamos aprender a conviver ou superar.

         Esse cenário faz com que nos questionemos com frequência sobre o que estamos fazendo no mundo. Por isso, adiamos escolhas, evitamos reflexões, procrastinamos e adoecemos. Estresse, depressão, insônia, dores inexplicáveis e síndrome do pânico. As doenças do século estão relacionadas com a realização da grande tarefa que recebemos: ser feliz.

           Sabendo disso, o melhor a fazer é nos dedicarmos ao AUTOCONHECIMENTO. “Conhece-te a ti mesmo” disse Sócrates, para que compreendêssemos a relação com o mundo. Dedique tempo para entender o que é melhor para você. Descubra o que você gosta, foque naquilo que te dá prazer e faça isso, independente do que o resto mundo está fazendo. Avalie as suas escolhas, abrace as consequências e acima de tudo, aprenda com o que você vive.

         Poderíamos dedicar uma vida inteira a descobrir o que gostamos no mundo, mas também precisamos ser práticos. Por isso, não deixe de viver o seu momento. Abrace a sua vida e tudo aquilo que está inserido nela. Não espere ter mais idade, mais dinheiro ou mais tempo. A sua vida é o agora. Abra os olhos e tire o melhor proveito do hoje.

Dicas do Pura – Alimentação Saudável para Diabéticos e Hipertensos

Postado em Atualizado em

   Confira as dicas que selecionamos:

01)        Controlar ou manter o peso corporal em níveis adequados;

02)         Frutas com menor índice glicêmico como a maçã e a pêra, de preferência com casca, são importantes para o diabético;

03)         O uso de adoçantes naturais como estévia é indicado ao diabético. No caso do hipertenso, deve-se evitar os adoçantes com ciclamato e sacarina sódica;

04)         A aveia é um alimento indicado ao diabético, desde que consumida com moderação;

05)         Fracionar as refeições é um cuidado para ser tomado por todos, mas, principalmente pelo diabético. O nutricionista poderá orientá-lo sobre isto;

06)         Reduzir a quantidade de sal. Retirar o saleiro da mesa e aproveitar o sabor natural dos alimentos;

07)         Evitar embutidos, conservas, enlatados, defumados;

08)         Evitar o consumo de bebida alcoólica;

09)         Não usar açúcar (diabéticos);

10)         Optar por carboidratos integrais (arroz, macarrão, pão);

11)         Dar preferência a alimentos assados, grelhados ou assados, evitando a fritura;

12)         Ler sempre o rótulo dos alimentos industrializados evitando sódio e cloreto de sódio;

13)         Utilizar ricos em potássio, por serem natriuréticos como: inhame, feijão preto, abóbora, cenoura, mamão, espinafre, maracujá, laranja;

14)         Incluir também alimentos ricos em magnésio por serem vasodilatadores como amêndoas, pão integral, nozes, couve, gérmen de trigo;

15)         Evitar bebidas estimulantes como chá-preto, refrigerantes a base de cola, cappuccino, café, chá mate;

16)         Comer em horários regulares e beber muita água, mas nunca durante as refeições, esperando pelo menos 30 minutos depois ou tomando 30 minutos antes;

17)         Fazer uso de temperos naturais para tornar os alimentos mais saborosos: salsa, cebolinha, coentro, alecrim, sálvia, manjericão, louro;

18)         Consumir o leite desnatado, queijos brancos, margarina light, requeijão light, cream cheese light e seus derivados;

19)         Pessoas com hipertensão arterial, também podem ter uma boa alimentação, e uma vida normal. Não esquecendo que os medicamentos em vários casos são essenciais para manutenção da pressão em patamares normais. Por isto, o controle médico regular é fundamental.

As consultas regulares ao nutricionista são muito importantes, porque este profissional é capaz de determinar as quantidades exatas dos alimentos de cada grupo que cada individuo deve comer. O diabético e o hipertenso que seguem a dieta prescrita tem menor chance de apresentarem as complicações tardias.

Vida Saudável – Alimentação correta previne Doenças

Postado em Atualizado em

       A adoção de uma alimentação saudável previne o surgimento de doenças crônicas e melhora a qualidade de vida. Frutas, verduras, legumes e cereais integrais contêm vitaminas, fibras e outros compostos, que auxiliam as defesas naturais do corpo e devem ser ingeridos com frequência.

       As fibras, apesar de não serem digeridas pelo organismo, ajudam a regularizar o funcionamento do intestino, reduzindo o tempo de contato de substâncias nocivas com a parede do intestino grosso.

        A ingestão de vitaminas em comprimidos não substitui uma boa alimentação. Os nutrientes protetores só funcionam quando consumidos por meio dos alimentos. O uso de vitaminas e outros nutrientes isolados na forma de suplementos não é recomendável para prevenção do câncer.

       Os bons hábitos alimentares vão funcionar como fator protetor se forem adotados ao longo da vida. Nesse aspecto devem ser valorizados e incentivados antigos hábitos alimentares do brasileiro, como o consumo de arroz com feijão.

alimentos coloridos

        O Ministério da Saúde lançou o Guia da Alimentação Saudável. Na publicação estão os dez passos para uma alimentação saudável. São eles:

• Coma feijão com arroz todos os dias ou, pelo menos, cinco vezes por semana. Esse prato brasileiro é uma combinação completa de proteínas e faz bem à saúde.

• Consuma diariamente três porções de leite e derivados e uma porção de carnes, aves, peixes ou ovos. Retirar a gordura aparente das carnes e a pele das aves antes da preparação torna esses alimentos mais saudáveis.

• Consuma, no máximo, uma porção por dia de óleos vegetais, azeite, manteiga ou margarina.

• Evite refrigerantes e sucos industrializados, bolos, biscoitos doces e recheados, sobremesas e outras guloseimas como regra da alimentação.

• Diminua a quantidade de sal na comida e retire o saleiro da mesa.

• Beba pelo menos dois litros (seis a oito copos) de água por dia. Dê preferência ao consumo de água nos intervalos das refeições.

• Torne sua vida mais saudável. Pratique pelo menos 30 minutos de atividade física todos os dias e evite as bebidas alcoólicas e o fumo.

• Faça pelo menos três refeições (café-da-manhã, almoço e jantar) e 2 lanches saudáveis por dia. Não pule as refeições.

• Inclua diariamente seis porções do grupo dos cereais (arroz, milho, trigo, pães e massas), tubérculos como as batatas e raízes como a mandioca nas refeições. Dê preferência aos grãos integrais e aos alimentos em sua forma mais natural.

• Coma diariamente pelo menos três porções de legumes e verduras como parte das refeições e três porções ou mais de frutas nas sobremesas e lanches.

Fonte: Ministério da Saúde

Mitos e Verdades sobre Bebidas Alcoólicas

Postado em Atualizado em

     alcool no organismo

     Beber, assim como comer, é um ritual social. Assim, nada melhor que entender os quais são os efeitos do álcool no nosso organismo para não estragar a diversão ou passar mal no dia seguinte. Se você é maior de 18 anos e faz uso de bebidas alcoólicas, provavelmente, já deve ter tido dúvidas sobre o assunto. Quais são os efeitos no organismo, os possíveis riscos da ingestão e misturas com outras substâncias ou até mesmo como aliviar os sintomas da ressaca.

Confira algumas dicas e informações que vão esclarecer suas dúvidas sobre bebidas alcoólicas:

A Famosa Ressaca

 1) É verdade que um copo de cerveja cura a ressaca?

Do ponto de vista médico é um erro. De fato, pode aliviar o mal-estar momentaneamente, por dois motivos: os sintomas da ressaca são semelhantes aos da abstinência alcoólica e a cerveja contém magnésio, mineral que se desperdiça com a ingestão de álcool. Mas trata-se de um ciclo vicioso: ao beber, perde-se mais líquido, o que leva a nova perda de minerais e os sintomas da ressaca vão acabar retornando.

2) Tomar comprimidos efervescentes evita realmente a ressaca?

Geralmente, a fórmula desses comprimidos inclui antiácido, anti-inflamatório e analgésico, o que pode aliviar principalmente a dor de cabeça. Mas os efeitos da ingestão de álcool e os sintomas cognitivos, como sonolência e perda de reflexos, não passam com o remédio.

ressaca tratamento

3) O café corta os sintomas do consumo excessivo?

A cafeína é um estimulante do sistema nervoso central e, por isso, acaba revertendo um dos efeitos da bebida alcoólica: a sonolência. Isso não quer dizer que a pessoa esteja liberada para dirigir depois de ingerir bebidas alcoólicas só porque tomou café. Até recuperar os reflexos e eliminar todo o álcool do corpo, são necessárias de 8 a 24 horas.

4) Se eu tomar uma ducha fria vai me deixar sóbrio novamente?

Somente o tempo elimina o álcool do organismo.

5) Induzir o vômito reduz o teor alcoólico a ponto de a pessoa voltar a seu estado normal?

Não é verdade. Quando alguém percebe que bebeu em excesso isso é sinal de que a metabolização no organismo começou e que a bebida alcoólica já caiu na corrente sanguínea.

6) Vou beber esse tipo de bebida porque é mais fraca…

Mito. Não existem bebidas fracas ou fortes. O que determina o estado de alcoolemia é a quantidade ingerida. O certo é que, quem bebe, diminui os reflexos e não pode, de maneira alguma, dirigir.

7) Bebida alcoólica é estimulante?

Mito. Na verdade, a sensação estimulante provocada nada mais é do que a diminuição da inibição.

8) Misturar bebidas pode deixar a pessoa mais alcoolizada?

 Mito. O que pode alterar o comportamento de uma pessoa é a quantidade não o tipo de bebida que ingeriu. Tomar bebidas de sabores diferentes, uma em seguida à outra, pode deixar a pessoa apenas mais enjoada porque os diferentes sabores geralmente não combinam.

Efeitos das bebidas alcoólicas

9) Consumo de bebida alcoólica pode prevenir doenças neurodegenerativas como Alzheimer?

Não é verdade. O melhor é sempre uma análise individual de cada paciente quando se trata de relacionar consumo de bebida alcoólica a saúde. No caso da Doença de Alzheimer, um estudo de 2011 realizado no Instituto Central de Saúde Mental de Mannheim, na Alemanha, aponta que a ingestão pode estar associada à redução de demência e Alzheimer. Vale ressaltar que a pesquisa não menciona os motivos que tornaram a bebida benéfica com relação à proteção do cérebro contra a doença de Alzheimer. Além disso, as evidências positivas estão justamente associadas ao consumo leve ou moderado de bebida. Portanto, nada de experiências em casa.

10) Os efeitos da bebida alcoólica no corpo da mulher são iguais aos do homem?

Mito. De maneira geral a ingestão da mesma quantidade afeta a mulher mais rapidamente do que o homem (mesmo levando-se em conta as diferenças no peso corporal). Isto ocorre porque a mulher apresenta menos água em seu corpo do que o homem e a bebida alcoólica, quando misturada à água do corpo, torna-se mais concentrada na mulher.

 

11) Os efeitos da bebida alcoólica no corpo do idoso são iguais aos que ocorrem no corpo de um jovem?

Mito. A idade tem a capacidade de alterar as consequências da bebida alcoólica. Mudanças no organismo dos idosos fazem com que a ingestão provoque efeitos mais acentuados comparativamente aos jovens de mesmo sexo e peso. O consumo pode agravar condições clínicas comuns entre os idosos, como hipertensão e úlcera. Também com a idade, há uma tendência de aumento na ingestão de medicamentos, sendo que a mistura de remédios com álcool pode trazer conseqüências danosas.

12) Grávidas não podem consumir bebida alcoólica?

Verdade. É uma substância com passagem livre pela placenta, o que significa que vai diretamente para o fígado do bebê que está em formação e, por sua vez, metaboliza duas vezes mais lentamente que o fígado da mãe. Consequentemente, a bebida alcoólica permanece por mais tempo no organismo do bebê do que no da gestante. Aborto espontâneo e trabalho de parto prematuro são algumas das complicações estimuladas pela bebida alcoólica na gravidez.

13) O alcoolismo é uma doença?

Verdade. O desejo que um alcoólatra sente no consumo de bebida é tão forte quanto a necessidade do consumo de comida ou água. Um alcoólatra vai continuar a beber apesar de problemas graves de saúde. Por isso, é necessário buscar um médico ou especialista para tratamento.

 

13) Deve-se parar de ingerir bebidas alcoólicas quando se está tomando remédios?

Verdade. O uso concomitante com medicamentos deve ser evitado, já que uma única dose de pode inibir a metabolização de um determinado medicamento prolongando seus efeitos no organismo. Outro malefício é o efeito contrário: a ingestão de bebida alcoólica pode diminuir os efeitos do medicamento.

14) Consumo de alguns tipos de bebida evita a formação de pedra nos rins?

Verdade.Isso vale para aquelas que estimulam o fluxo urinário, portanto, pode sim auxiliar na prevenção, mas não impede totalmente a formação e também não ajuda no tratamento de quem já está com cálculos formados.

15) Consumir bebida alcoólica aquece o corpo?

Mito. Quem consome bebida alcoólica sente-se mais aquecido e pode até ficar “vermelho”. Mas isso acontece porque a bebida causa dilatação nos vasos sanguíneos trazendo o sangue para mais perto da superfície da pele, o que confere a sensação de aquecimento. A consequência é que quanto mais na superfície, mais longe do centro do corpo, o que configura, na verdade, perda de calor.

16) Beber melhora o desempenho sexual?

 Mito. A bebida aumenta o desejo, mas compromete o desempenho dos homens, em caso de excesso. O consumo pode até diminuir inibições, inclusive as sexuais, mas também diminui à produção do hormônio masculino, a testosterona.

Lei Secalei seca mitos

17) Fazer bochecho com anti-séptico bucal que contenha álcool dá um resultado positivo no bafômetro?

Verdade. O bafômetro é um aparelho sensível. Caso aconteça isso, o motorista pode pedir para repetir o teste após um intervalo de cerca de 20 minutos, quando então, o resultado não acusará mais a presença de álcool.

18) Comer um chocolate com licor pode provocar um resultado positivo no teste do bafômetro?

Verdade. Dois bombons com recheio de licor, por exemplo, são suficientes para o resultado positivo.

19) Beber refrigerante com gelo antes do teste do bafômetro engana o equipamento?

Mito. Diferentemente de algumas correntes de e-mail que difundem a receita, o gelo não libera hidrogênio, o que seria capaz de confundir o bafômetro.

Fontes: Folha de S. Paulo, O Estado de S. Paulo, DETRAN, CISA – Centro de Informação sobre Saúde e Álcool, NIAAA – National Institute on Alcohol Abuse and Alcoholism, portal Gestante.net, Associação Brasileira de Estudo do Álcool e Outras Drogas, revista Veja.

O que causa confusão mental no idoso?

Postado em Atualizado em

      O Dr.Arnaldo Lichtenstein escreveu esse pequeno texto esclarecedor sobre confusões mentais recorrentes em pessoas idosas. Leia e compartilhe. A informação é a principal ferramenta para melhorarmos a Qualidade de Vida de nossas famílias.

      Sempre que dou aula de clínica médica a estudantes do quarto ano de Medicina, lanço a pergunta:
– Quais as causas que mais fazem o vovô ou a vovó terem confusão mental?
Alguns arriscam: *”Tumor na cabeça”.
Eu digo: “Não”.
Outros apostam: “Mal de Alzheimer”
Respondo, novamente: “Não”.
A cada negativa a turma se espanta… E fica ainda mais boquiaberta quando enumero os três responsáveis mais comuns:
– diabetes descontrolado;
– infecção urinária;
– a família passou um dia inteiro no shopping, enquanto os idosos ficaram em casa.

pessoa idosa alzheimer

Parece brincadeira, mas não é. Constantemente, vovô e vovó, sem sentir sede, deixam de tomar líquidos.
Quando falta gente em casa para lembrá-los, desidratam-se com rapidez.
A desidratação tende a ser grave e afeta todo o organismo. Pode causar confusão mental abrupta, queda de pressão arterial, aumento dos batimentos cardíacos (“batedeira”), angina (dor no peito), coma e até morte.

Insisto: não é brincadeira.
Na melhor idade, que começa aos 60 anos, temos pouco mais de 50% de água no corpo. Isso faz parte do processo natural de envelhecimento.
Portanto, os idosos têm menor reserva hídrica.
Mas há outro complicador: mesmo desidratados, eles não sentem vontade de  tomar água, pois os seus mecanismos de equilíbrio interno não funcionam muito bem.

Conclusão:
Idosos desidratam-se facilmente não apenas porque possuem reserva hídrica menor, mas também porque percebem menos a falta de água em seu corpo. Mesmo que o idoso seja saudável, fica prejudicado o desempenho das reações químicas e funções de todo o seu organismo.

 Por isso, aqui vão dois alertas:
1 – O primeiro é para vovôs e vovós: tornem voluntário o hábito de beber líquidos. Por líquido entenda-se água, sucos, chás, água-de-coco, leite, sopa, gelatina e frutas ricas em água, como melão, melancia, abacaxi, laranja e tangerina, também funcionam. O importante é, a cada duas horas, botar algum líquido para dentro. Lembrem-se disso!
2 – Meu segundo alerta é para os familiares: ofereçam constantemente líquidos aos idosos. Ao mesmo tempo, fiquem atentos. Ao  perceberem que estão rejeitando líquidos e, de um dia para o outro, ficam confusos, irritadiços, fora do ar, atenção! É quase certo que sejam sintomas decorrentes de desidratação.
“Líquido neles e rápido para um serviço médico”.

(*) Arnaldo Lichtenstein (46), médico, clínico-geral do Hospital das Clínicas e professor colaborador do Departamento de Clínica Médica da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP).

Dores na coluna são sinais de alerta

Postado em Atualizado em

      Em geral, as dores na coluna são causadas por vícios posturais. Sentamos de maneira errada, abaixamos de maneira errada e dormimos errado. Para muitas pessoas, sentir essas dores após um longo dia de trabalho ou ao levantar da cama tornou-se parte da rotina. Mas isso não é normal.

      A dor é o sinal de que algo está errado. Devemos tratar a causa do problema for para evitar que evolua para lesões mais graves. A tendência do nosso corpo é assumir posições confortáveis para economizar energia e isso deve ser monitorado para não se tornar um problema.

      Alguns sintomas da postura errada são formigamentos e dores agudas, que podem afetar outros membros, como ombros, pés e joelhos. Devemos prestar atenção aos sintomas e na origem das dores nas costas e é crucial que procurar um profissional de saúde para iniciar um tratamento imediato. Exercícios físicos e sessões de fisioterapia podem ajudar dependendo da evolução do problema.

exercício pilates coluna

      Certas profissões exigem que a pessoa fique com a coluna vertebral em uma mesma posição por um longo tempo ou faça movimentos repetitivos que podem causar desgaste ósseo. Por isso, empresas de diversos setores têm investido em programas de qualidade de vida com ações de ergonomia e saúde postural. Aproveite esses momentos para exercitar e tirar dúvidas. Caso persistam os sintomas procure um médico.

Dez Sinais de dores na coluna que sugerem disfunções vertebrais

Se você responder sim a qualquer uma das perguntas a seguir, você deve consultar um especialista em coluna:

dor lombar

1. Sua dor na parte inferior das costas se prolonga até sua perna?

Se a dor é persistente e severa, ela é um sinal de que algo está comprimindo um nervo (comumente o nervo ciatico) que se prolonga de suas costas para a perna.

2. A dor na sua perna aumenta se você levantar seu joelho até o peito ou se curvar sobre ele?

Em caso positivo, há uma grande possibilidade de um disco estar irritando um nervo (provavelmente ciático).

3. Você sentiu uma dor muito forte após uma queda recente?

Uma queda pode causar danos a sua coluna. As chances de lesões aumentam se você tiver osteoporose ou se estiver gestante.

4. Você Possui disfunções ou problemas de postura?

Durante a infância e adolescência, desenvolvemos vícios posturais que na fase adulta podem se estruturar em problemas de postura que com o tempo passam a gerar dores musculares, como segue abaixo.

 5. Você tem sentido dores nas costas que pioram quando você repousa ou que o acordam à noite?

Se isso estiver acompanhado por febre, pode ser sinal de que há uma infecção ou outro problema, se não, identifica compressão em nervos que pioram durante o repouso do sono.

6. Você tem sentido dores nas costas significativas por mais de três semanas?

Geralmente, a dor desaparecerá com um tratamento simples. Entretanto, se sua dor persistir, você deve consultar um especialista em coluna.

7. Você tem problemas persistentes de bexiga ou de intestinos ou cólicas em período menstrual associados a dor lombar?

Problemas de bexiga ou de intestinos podem ter diversas causas, mas alguns problemas de coluna podem causar esses sintomas, portanto há a necessidade de investigar. Em caso de cólica menstrual associada a dor lombar, justifica-se pelo aumento de tensão dos músculos lombares durante este período, que podem ser devidos a ma postura.

8. Você acorda frequentemente com dores no corpo e associa que piora durante o sono?

Devemos estar atentos a postura de dormir, pois dores na coluna causam distúrbios do sono e o uso de cama ou travesseiros inadequados pioram as dores. O ideal e manter a coluna alinhada, podendo usar um travesseiro embaixo da cabeça e outro entre as pernas, alinhando a coluna cervical e lombar com a coluna torácica.

9. Você fica com as pernas adormecidas ou enfraquecidas ao caminhar?

Esses problemas podem ser causados por um estreitamento do canal vertebral. Isso é chamado de estenose vertebral onde pode estar havendo um pinçamento de nervos.

10. Você sente dores de cabeça em aperto na região da nuca que desce para os ombros, podendo chegar ate os braços?

Quando ocorrem disfunções na coluna cervical comumente pode ser devido a compressão de nervos dos ombros, braços, cabeça.

Vimos as dicas aqui.

Comer: um grande prazer ou uma “válvula de escape”?

Postado em Atualizado em

      Comer é uma necessidade fisiológica de todo ser vivo, mas o ser humano é o único animal que se alimenta para satisfazer necessidades que vão além da simples nutrição.

      Se pararmos para analisar, a história da humanidade pode ser observada em volta de uma mesa. Comer é um ritual social que praticamos desde a época das cavernas. O momento da refeição é carregado de significados e tem função social na vida humana.

      É engraçado que quando se trata de comer, nossa espécie é especialista no assunto. Comemos quando estamos felizes e comemos mais ainda quando estamos tristes. Comemos para suprir inseguranças, angustias e faltas. Comemos para comemorar, sair com os amigos ou reunir a família. Comemos para experimentar o mundo. Não importa, sempre comemos.

     Na Hierarquia das Necessidades de Maslow, as necessidades fisiológicas (comer, dormir, respirar, evacuar) constituem a base da pirâmide. Logo, segundo a teoria, essas necessidades devem ser atendidas para que possamos “escalar” de nível.

piramide necessidades de maslow

     Observe que a alimentação é tratada na Pirâmide como o ato de ingerir alimentos que possam nutrir o corpo, a fim de que possamos nos preocupar com a próxima fase. Isso poderia ser simples como uma equação matemática, mas não é bem assim que funciona.

    Podemos perceber que, para a maioria das pessoas, a alimentação tem cumprido uma função contrária ao movimento apresentado, ou seja, ela vem suprindo a falta das próximas fases, como na escala “segurança” ou “relações sociais”.  Nesse sentido o ato de alimentar-se deixa de ser “ato” e passa a ser “efeito”, o que pode resultar em transtornos alimentares adoecendo o indivíduo.

     Comer não é ruim, muito pelo contrário. Todo o problema reside na pergunta “o que comemos?”.  Alimentar-se em abundância não significa alimentar-se bem.

      A alimentação saudável consiste na ingestão de todos os nutrientes necessários para o funcionamento do nosso metabolismo: carboidratos, fibras, vitaminas, sais minerais, gorduras e água. Todos esses itens são importantes para o organismo e devem participar da alimentação diária de cada indivíduo e devem ser distribuídos entre as refeições.

comer bem prato saudavel

      Lembre-se que para você estar bem, ter saúde é o primeiro passo. Tenha atenção ao que você come, como come e quando come. Não torne a alimentação uma válvula de escape. Não adoeça o seu corpo. Busque diversificar os alimentos e fuja dos excessos. Na dúvida consulte médico ou nutricionista.

    Comer é um grande prazer. Controle a sua alimentação hoje para não ter que restringir amanhã.

Hidrate-se para a vida!

Postado em Atualizado em

     Você chega em casa cansado. O dia foi corrido, você tomou café da manhã e almoçou na rua. Pegou trânsito, atendeu várias ligações e tomou um litro e meio de café. São oito horas da noite e se dá conta que ainda não tomou nem um copo de água no dia.

Quem nunca?

      Você corre pra lá e pra cá, toma rios de café, refrigerante e suco de caixinha! Comeu uma fruta? Já merece ir pro céu! Não tomou água e pior, não sentiu sede.

agua beneficios para o organismo

     Resposta óbvia: tomar água é um hábito. Se você cultiva esse hábito e deixa de tomar água pela manhã irá acabar sentindo uma falta tremenda! Se não, substituí por qualquer líquido colorido, doce e gelado.

    Para o bom funcionamento do organismo é necessário que tomemos pelo menos 2 litros de água. Pode parecer muito, mas se dividirmos em copos de 250 ml – aquele clássico descartável do escritório – são 8 copinhos. Dá um copo por hora de trabalho! Portanto, convenhamos, não é nenhum sacrifício. É hábito.

    Beber água regularmente:

1. Melhora o funcionamento dos rins;

2. Auxilia no trabalho do intestino, na absorção e transporte de nutrientes;

3. Regula a temperatura corporal;

4. Aumenta a vitalidade da pele;

5. Limpa o organismo e auxilia no processo de emagrecimento.

Não beber água:

1. Faz com que a pessoa entre em processo de desidratação, com sintomas que vão evoluir de acordo com o quadro que ela se encontra;

2. Predispõe o organismo a desenvolver doenças infecciosas;

3. Causa confusão mental, principalmente em idosos;

4. Câimbras e fadiga;

5. Interfere no funcionamento intestino e absorção dos nutrientes.