Pilar Financeiro

13 coisas que as pessoas mentalmente fortes evitam

Postado em

Inúmeros artigos, particularmente voltados a empreendedores, falam sobre as características críticas das pessoas mentalmente fortes, como tenacidade, otimismo e uma capacidade de superar obstáculos.
No entanto, também podemos definir força mental identificando as coisas que indivíduos mentalmente fortes não fazem. Confira alguns desses itens na lista compilada pela psicoterapeuta e assistente social Amy Morin:

pessoas-fortes

1. Perder tempo sentindo pena de si mesmas
Você não vê pessoas mentalmente fortes sentindo pena de si mesmas ou suas circunstâncias. Elas aprenderam a assumir a responsabilidade por suas ações e resultados, e têm uma compreensão inerente de que muitas vezes a vida não é justa. Elas são capazes de emergir de uma situação difícil com consciência e gratidão pelas lições aprendidas. Quando uma ocasião acaba mal para elas, pessoas fortes simplesmente seguem em frente.
2. Ser controladas ou subjugadas
Pessoas mentalmente fortes evitam dar aos outros o poder de fazê-los sentir-se inferiores ou ruins. Elas entendem que estão no controle de suas ações e emoções. Elas sabem que a sua força está na sua capacidade de reagir de maneira adequada.
 
3. Fugir de mudanças
Pessoas mentalmente fortes aceitam e abraçam a mudança. Seu maior “medo”, se tiverem um, não é do desconhecido, mas de tornarem-se complacentes e estagnadas. Um ambiente de mudança e incerteza pode energizar uma pessoa mentalmente forte e estimular o seu melhor lado.

medo da mudança autossabotagem

4. Gastar energia em coisas que não podem controlar
Pessoas mentalmente fortes não reclamam (muito) do tráfego, da bagagem perdida e especialmente das outras pessoas, pois reconhecem que todos esses fatores estão, geralmente, fora do seu controle. Em uma situação ruim, elas reconhecem que a única coisa que sempre podem controlar é a sua própria resposta e atitude.
5. Preocupar-se em agradar os outros
É impossível agradar a todos. Pior ainda é quem se esforça para desagradar outros como forma de reforçar uma imagem de força. Nenhuma dessas posições é boa. Uma pessoa mentalmente forte se esforça para ser gentil e justa e para agradar aos outros quando necessário, mas não tem medo de dar sua opinião ou apoiar o que acha certo. Elas são capazes de suportar a possibilidade de que alguém vai ficar chateado com elas, e passam por essa situação, sempre que possível, com graça e elegância.

 

inteligencia emocional

6. Ter medo de assumir riscos calculados
Uma pessoa mentalmente forte está disposta a assumir riscos calculados. Isso é uma coisa completamente diferente do que pular de cabeça em situações obviamente tolas. Mas com a força mental, o indivíduo pode pesar os riscos e benefícios completamente, e avaliar plenamente as potenciais desvantagens e até mesmo os piores cenários antes de tomar uma atitude.
7. Saudosismo frequente
Há força em reconhecer o passado e, sobretudo, as coisas aprendidas com as experiências passadas, mas uma pessoa mentalmente forte é capaz de evitar se afundar em decepções antigas ou fantasias dos “dias de glória” de outrora. Elas investem a maior parte de sua energia na criação de um presente e futuro melhores.

saudosismo auto elogio

8. Cometer os mesmos erros repetidamente
Não adianta realizarmos as mesmas ações repetidas vezes esperando um resultado diferente e melhor do que o que já recebemos. Uma pessoa mentalmente forte assume total responsabilidade por seu comportamento passado e está disposta a aprender com os erros. Pesquisas sugerem que a capacidade de ser autorreflexivo de forma precisa e produtiva é uma das maiores características de executivos e empresários bem-sucedidos.
9. Ressentir o sucesso dos outros
É preciso ter força de caráter para sentir alegria genuína pelo sucesso de outras pessoas. Pessoas mentalmente fortes têm essa capacidade. Elas não ficam com ciúmes ou ressentidas quando outros alcançam sucesso (embora possam tomar nota do que o indivíduo fez bem). Elas estão dispostos a trabalhar duro por suas próprias chances de sucesso, sem depender de atalhos.
 200570952-001
10. Desistir depois de falhar
Cada fracasso é uma oportunidade para melhorar. Mesmo os maiores empresários estão dispostos a admitir que seus esforços iniciais invariavelmente trouxeram muitas falhas. Pessoas mentalmente fortes estão dispostas a falhar de novo e de novo, se necessário, desde que cada “fracasso” os traga mais perto de seus objetivos finais.
 
11. Ter medo de passar um tempo sozinha
Pessoas mentalmente fortes apreciam e até mesmo valorizam o tempo que passam sozinhas. Elas usam esse tempo de inatividade para refletir, planejar e ser produtivas. Mais importante, elas não dependem de outros para reforçar a sua felicidade e humor. Elas podem ser felizes com os outros, bem como sozinhas.

 

Medo-de-ficar-sozinho

12. Sentir que o mundo lhes deve algo
Na economia atual, executivos e funcionários de todos os níveis estão ganhando a percepção de que o mundo não lhes deve um salário, um pacote de benefícios e uma vida confortável, independentemente da sua preparação e escolaridade. Pessoas mentalmente fortes entram no mercado preparadas para trabalhar e ter sucesso de acordo com seu mérito, ao invés de já chegar com uma lista de coisas que deveriam receber de mão beijada.
13. Esperar resultados imediatos
Quer se trate de um treino, um regime nutricional ou de começar um negócio, as pessoas mentalmente fortes entram nas situações pensando a longo prazo. Elas sabem que não devem esperar resultados imediatos. Elas aplicam sua energia e tempo em doses e celebram cada etapa e aumento de sucesso no caminho. Elas têm “poder de permanência” e entendem que as mudanças genuínas levam tempo.

pessoas--trabalhando--os-resultados--as-pastas_

Este artigo foi adaptado do original, “The measure of progress of civilization is the progress of the people”, na Forbes.
Anúncios

7 hábitos que tornam as pessoas focadas em seus objetivos

Postado em Atualizado em

          Algumas pessoas querem ser as melhores no que fazem. E Daniel Coyle, autor de um dos melhores livros sobre como ser o melhor em qualquer coisa: The Talent Code e The Little Book of Talent. Dan sabe que a “regra das 10 mil horas” é boa, mas que é preciso alinhar o seu esforço com a forma como seu cérebro foi projetado para aprender.

         Horas são vitais, mas você pode obter a rapidez com maestria – ser muito mais rápido – por praticar o caminho certo. Então, como você e eu podemos fazer isso?

         Aqui estão 7 passos de especialistas para usar:

1. Fique desconfortável

        Você aprende melhor quando você está alcançando algo. Deixar as coisas fluírem é ótimo. Mas fluir não é a melhor maneira de se aprender. Você quer ser testado até a limite de sua capacidade. E esse teste precisa ser duro. É dessa maneira que o nosso cérebro cresce.

        Nós aprendemos quando estamos em nossa zona de desconforto. Enquanto você está lutando, está ficando mais esperto. Quanto mais tempo você passar assim, mais rápido você aprende. É melhor gastar 10 minutos com muita qualidade ou até 10 segundos do que passar 1 hora medíocre. Você precisa praticar no limite de sua capacidade, alcançando algo, cometendo erros, falhando, percebendo esses erros e alcançando algo novamente.

fique desconfortavel

2. Pare de ler, comece a fazer

       Mantenha a regra dos 2/3 em mente. Gaste apenas 1/3 do seu tempo estudando. Nos outros 2/3 do seu tempo, faça a atividade. Praticar. Teste a si mesmo. Mantenha seu nariz fora do livro. Evite a sala de aula. Seja no que for que você quer ser o melhor, faça isso. Quanto mais próxima da realidade for a sua prática, mais rápido você vai aprender. Nossos cérebros evoluíram para aprender fazendo coisas, e não só ouvindo falar delas.

       Há uma regra de 2/3. Se você quiser, por exemplo, memorizar um trecho, é melhor gastar 30% do seu tempo lendo, e os outros 70% de seu tempo testando-se sobre esse conhecimento.

3. O ponto chave

        Você quer ser sucedido 80% do tempo quando está treinando para isso. Esse é o ponto chave para melhorar. Quando a aprendizagem é muito difícil, nós paramos. Quando é muito fácil, nós paramos também. Sempre aumente o desafio de ficar 80% na zona de aprendizagem. Você não quer ser sucedido 40% do tempo. Isso é se debater. Você não quer ser sucedido 95% do tempo. Isso é muito fácil, afirma Dan.

 4. Comprometa-se com o longo prazo

        Perguntar a alguém há quanto tempo está fazendo algo, era a melhor forma de dizer o quão habilidosa a pessoa era. Simplesmente se comprometer com o longo prazo têm tido grandes efeitos. A questão que acabou sendo o mais importante do que a habilidade era quanto tempo você estará fazendo isso.

        Compromisso é o que faz a diferença. As pessoas que combinam compromisso com um pouco de prática fazem suas habilidades expandirem. Comprometa-se com o longo prazo. Não desista.

5. Encontre um modelo

        Assistir as melhores pessoas trabalhando é uma das coisas mais poderosas que você pode fazer. É motivador, inspirador e a maneira em que fomos feitos para aprender. Estude o melhor para ser o melhor.

      Quando olhamos para alguém que queremos nos tornar, temos uma ideia muito clara de onde queremos estar. Assim, a nossa energia aumenta grandiosamente.

pessoas--trabalhando--os-resultados--as-pastas_

 6. Cochilos são esteroides para o seu cérebro

       Cochilar não é algo preguiçoso. É um dos hábitos das pessoas mais bem sucedidas em qualquer área. O sono é essencial para a aprendizagem. O cochilo é uma ferramenta que vai fazer você ser o melhor. Cochilar é uma atividade de alto desempenho. Se você olhar para os hábitos das pessoas altamente bem sucedidas, o que você verá é um monte de cochilos.

        É uma espécie de serviço de manutenção de nossos cérebros. Ele nos ajuda a limpar as coisas que ele não quer. Também nos ajuda a trabalhar em ideias enquanto estamos dormindo. Principais artistas usam o sono como uma ferramenta.

7. Mantenha um Diário

       Eminem mantém um diário. Peyton Manning mantém um diário. Os principais artistas usam o diário para acompanhar seu progresso, estabelecer metas, refletir e aprender com seus erros. A maioria das pessoas estão assumindo um papel em prol do desenvolvimento de seus talentos, esta ferramenta mágica que se chama diário.

        Mantenha um diário de desempenho. Se você quer ficar melhor, você precisa de um mapa, e o diário é esse mapa. Você pode escrever o que você fez hoje, o que você tentou fazer, onde você cometeu erros.

       É um lugar para refletir. É um lugar para capturar informações. É um lugar capaz de acompanhar o seu progresso. É uma das mais poderosas ainda subutilizadas ferramentas que eu poderia imaginar alguém usando.

        Infelizmente, você não nasceu um especialista. Mas você pode se tornar um com prática e tempo. Comece agora. Você vai se surpreender com o que você pode conseguir.

importante ter um diario]

 

Este artigo foi adaptado do original, “8 Things the Most Successful People Do That Make Them Great”, da Time.
 
Comente e Compartilhe 😉

5 coisas que pessoas bem sucedidas fazem ao acordar

Postado em Atualizado em

    Levante e faça ! O tempo de manhã se tornou seu novo melhor amigo. Utilizar as horas da manhã, antes do trabalho pode ser a chave para uma vida bem sucedida e saudável. Levantar cedo é um traço comum encontrado em muitos CEOs, funcionários do alto escalão e pessoas influentes. Margaret Thatcher acordava todos os dias às 5h da manhã. Frank Lloyd Wright às 4h e Robert Iger, CEO da Disney acorda às 4:30h. Isso só pra citar alguns exemplos.
      Eu sei que você está pensando que trabalha melhor à noite. Não pense assim. As parte da manhã é o período em que as pessoas tendem a ser mais proativas e produtivas.   Além disso, existem benefícios para a saúde das pessoas que têm uma vida antes de se levantar e ir trabalhar. Vamos explorar 5 coisas que as pessoas de sucesso fazem antes das 8h.
#1. Exercícios
       A maioria das pessoas que trabalham todos os dias exercitam-se pela manhã. Quer seja uma sessão de ioga, ou um treino de futebol. O exercício antes do trabalho lhe da impulso e energia para realizar suas tarefas diárias. Qualquer pessoa pode enfrentar o trabalho depois de 200 abdominais. Os exercícios pela manhã também eliminam a possibilidade de problemas cardíacos depois de um longo dia de trabalho.
       Mesmo que você não esteja ansioso com a ideia de acordar às 5h para correr, tente acordar 15 minutos mais cedo e fazer alguns alongamentos. Isso vai ajudar a despertar o seu corpo e prepara-lo para o seu dia.

 

exercicios

#2. Planejar o dia
        Maximize o seu potencial planejando a sua agenda para o dia, bem como os seus objetivos. A manhã é um bom momento para isso, pois muitas vezes é um dos únicos momentos de silêncio que temos em um dia. As primeiras horas promovem uma reflexão mais fácil que ajuda a dar prioridade às atividades que precisam. Eles também permitem resolver problemas ininterruptamente organizando a sua agenda.
       Enquanto estiver planejando o seu dia, não esqueça de sua saúde mental. Planeje uma pausa de 10 minutos depois dos compromissos estressantes para uma rápida volta no quarteirão ou minutos de meditação.
planeje sua vida agenda
#3. Tenha um café da manhã saudável
        Nós todos sabemos que a pressa nos leva a sair de casa com apenas uma xícara de café e com o estômago vazio. Aí, ao chegar no escritório, você já está contando os minutos para o almoço. Isso não é bom. Tire algum tempo na parte da manhã para abastecer o seu corpo para as tarefas que veem pela frente. Isso vai ajudar a manter a mente com foco no que precisa, em vez de se lembrar de seu estômago roncando.
       O café da manhã não é apenas um ótimo momento para se alimentar, mas também uma excelente oportunidade de se conectar socialmente. Mesmo que sejam 5 minutos de conversa com sua família, isso pode motivar as pessoas antes de saírem para o trabalho.
café da manhã saudavel
#4. Visualização
        A parte da manhã é o momento perfeito para passar algum tempo dentro de sua mente meditando ou visualizando. Pegue um momento para visualizar o seu dia antes que você foque nas atividades que você vai fazer. Mesmo apenas 1 minuto de visualização e pensamento positivo pode ajudar a melhorar o seu humor e visão de sua carga de trabalho para o dia.
meditação e vizualização
#5. Faça o trabalho pesado
        Todos nós temos um item em nossa lista de tarefas que não queremos fazer. Ele paira sobre nós todos os dias até que finalmente fazemos correndo depois de muita procrastinação.  Aqui está uma dica simples para salvar-se do estresse: faça a tarefa menos desejável primeiro. Em vez de ficar adiando a tarefa chata para depois do almoço, faça logo e tire-a do caminho.
trabalho-leve-ambiente-pesado
       A manhã é o momento em que você está geralmente mais bem descansado e seu nível de energia é maior. Portanto, você está mais equipado para lidar com as tarefas difíceis. E, fazendo isso seu dia vai ficar progressivamente mais fácil, e não o contrário. No momento em que o seu dia de trabalho termina, você está terminando as tarefas mais fáceis e se dirigindo para seu tempo livre muito mais relaxado.
___
Este artigo foi adaptado do original, “5 Things Super Successful People Do Before 8AM”, da Forbes.

A obrigação de SER FELIZ

Postado em

          Estamos mergulhados em um turbilhão de informações, conteúdos e expectativas sobre quem somos e o que fazemos. Fomos educados segundo parâmetros culturais que impõe que cada um de nós é protagonista da sua própria vida. Ser feliz é consequência de uma vida bem vivida, é quase uma obrigação moral, afinal estamos vivos em um mundo cheio de possibilidade. Estão tudo em nossas mãos.

          Basta ligar a televisão ou assistir a um comercial. A obrigação de ser feliz é vendida pelo cinema, publicidade, livros e redes sociais. Todo mundo está empenhado em ser, ou pelo menos em parecer, feliz.  Se você não está no mesmo barco já tende a se sentir deslocado e culpar alguém ou alguma coisa pelo que acontecendo. O normal é fazer barulho, exibir e curtir a vida, pois afinal, só temos uma.

felicidade no trabalho

        Equilibrar família, namoro, trabalho, amigos, dinheiro e autorrealização não são tarefas simples, realizadas com aqueles 10 passos do livro de autoajuda. Isso exige dedicação, tempo e paciência. Além disso, a vida nos impõe vários fatores com os quais precisamos aprender a conviver ou superar.

         Esse cenário faz com que nos questionemos com frequência sobre o que estamos fazendo no mundo. Por isso, adiamos escolhas, evitamos reflexões, procrastinamos e adoecemos. Estresse, depressão, insônia, dores inexplicáveis e síndrome do pânico. As doenças do século estão relacionadas com a realização da grande tarefa que recebemos: ser feliz.

           Sabendo disso, o melhor a fazer é nos dedicarmos ao AUTOCONHECIMENTO. “Conhece-te a ti mesmo” disse Sócrates, para que compreendêssemos a relação com o mundo. Dedique tempo para entender o que é melhor para você. Descubra o que você gosta, foque naquilo que te dá prazer e faça isso, independente do que o resto mundo está fazendo. Avalie as suas escolhas, abrace as consequências e acima de tudo, aprenda com o que você vive.

         Poderíamos dedicar uma vida inteira a descobrir o que gostamos no mundo, mas também precisamos ser práticos. Por isso, não deixe de viver o seu momento. Abrace a sua vida e tudo aquilo que está inserido nela. Não espere ter mais idade, mais dinheiro ou mais tempo. A sua vida é o agora. Abra os olhos e tire o melhor proveito do hoje.

Planejamento Financeiro – Primeiros Passos

Postado em Atualizado em

         Para realizarmos os nossos objetivos uma coisa é importante: PLANEJAR!  Com dinheiro não é diferente. O planejamento financeiro é o instrumento utilizado para definir objetivos, estabelecer prioridades, fixar metas de curto, médio e longo prazo e adequar o seu padrão de vida à sua renda.

Para ter sucesso nesta empreitada, algumas regras devem ser seguidas e respeitadas:

  • Coloque no papel os seus sonhos e projetos de vida;
  •  Defina prazos para conquistar seus objetivos;
  • Visualize seus recursos e sua renda;dicas-para-economizar-dinheiro-1
  • Não gaste mais do que ganha;
  • Identifique quais são seus gastos fixos e quais os gastos variáveis;
  •  Não assuma dívidas que não possa pagar;
  • Corte desperdícios e reavalie gastos supérfluos;
  • Esteja disposto a fazer sacrifícios pessoais;
  • Converse com a família;
  • Coloque o orçamento em uma planilha e
  • Controle os gastos diários.

         Comprar uma casa, realizar uma viagem, cursar uma faculdade ou bancar o estudo dos filhos. Tudo exige planejamento e controle. A melhoria de vida e padrão econômico é o objetivo de qualquer pessoa. A mobilidade social é benéfica não só para os indivíduos que terão acesso a bens de consumo, mas também para economia do país. Pense nisso, e mãos a obra!