Mês: fevereiro 2014

Dicas do Pura – Beringela, um legume contra o peso.

Imagem Postado em

Beringela emagrece

Anúncios

Como preparar chás medicinais para o seu bem-estar

Postado em Atualizado em

       Tomar chá pelas suas propriedades medicinais é um costume histórico. Muitas são as plantas que possuem propriedades que auxiliam o corpo a combater doenças ou melhorar o metabolismo. A busca da cura pela natureza fez a ciência comprovar os efeitos homeopáticos de diversas plantas e ervas que atualmente fazemos uso constante.

        Para que as propriedades medicinais do chá sejam mantidas é necessário ter atenção no preparo, que é especifico para cada planta. As formas mais utilizadas para fazer chá são por infusão ou decocção.

Chá diurético

         Na infusão deve-se ferver primeiro a água. Coloque a planta em um recipiente e despeje a água fervente por cima, abafando, antes de tomar. Lembre-se de usar a planta devidamente higienizada. Não use sabão ou outro abrasivo. Lave a planta somente com água limpa corrente. Após  5 minutos de contato da água com a planta você pode ingerir o chá.

    Já na decocção, também conhecida como cozimento deve-se ferver de 5 a 8g da planta seca, em uma quantidade equivalente a uma xícara de chá. No caso das folhas, desligue o fogo quando iniciar a fervura, abafe e aguarde  20 minutos para ingerir. Já se estiver utilizando cascas, ferva de 5 a 10 minutos e abafe por 20 minutos antes de ingerir.

Conheça a seguir 3 chás homeopáticos e seus benefícios para a saúde.

Carqueja: O chá, muito conhecido por auxiliar no emagrecimento, controla o apetite e auxilia no tratamento de doenças do sistema digestivo, como a má digestão, gastrite, azias, aftas e prisão de ventre. Também conhecida como carqueja-amarga, carquejinha, condamina ou iguapé, a planta possui gosto amargo e também auxilia na regularização dos rins, bexiga e na circulação sanguínea.

Como fazer: Infusão.  Sua utilização é de 2 colheres de sopa da erva picada para 1 litro de água, sob forma de chá.

Espinheira-santa: As folhas das espinheira ganharam esse nome por serem consideradas um “santo remédio”. Utilizada para combater a úlcera, azia, má-digestão e gastrite. Compressas quentes do chá são utilizadas para combater acnes, eczemas, ulcerações e herpes.

Como fazer: Decocção. Em 1 litro de água fervente, coloque 2 colheres de sopa da erva, e deixar levantar fervura.

Melissa: Possui efeito semelhante ao da erva-cidreira. O chá de melissa é digestivo e calmante. Combate enxaquecas, dores de cabeça, cólicas menstruais, dores musculares, flatulências e náuseas. Também é indicado na recuperação pós-parto.

Como fazer: Decocção. Coloque 2 colheres de sopa de erva para 1 litro de água, quando a água alcançar fervura, desligue. Tampe e deixe a solução abafada por cerca de 10 minutos.

          Ao tomar chás pelos seus efeitos medicinais, elimine o uso de bebidas alcoólicas, cigarro e alimentos gordurosos. Só use produtos bem identificados e de venda confiável. Na dúvida ou ao persistirem os sintomas procure orientação médica.

Tudo que vicia começa com C

Postado em Atualizado em

(Luiz Fernando Veríssimo)

Por alguma razão que ainda desconheço, minha mente foi tomada por uma ideia um tanto sinistra: vícios.
Refleti sobre todos os vícios que corrompem a humanidade. Pensei, pensei e, de repente, um insight: tudo que vicia começa com a letra C!
De drogas leves a pesadas, bebidas, comidas ou diversões, percebi que todo vício curiosamente iniciava com cê.chocolate
Inicialmente, lembrei do cigarro que causa mais dependência que muita droga pesada. Cigarro vicia e começa com a letra c. Depois, lembrei das drogas pesadas:cocaínacrack e maconha. Vale lembrar que maconha é apenas o apelido dacannabis sativa que também começa com cê.
Entre as bebidas super populares há a cachaça, a cerveja e o café. Os gaúchos até abrem mão do vício matinal do café mas não deixam de tomar seu chimarrão que também – adivinha – começa com a letra c.
Refletindo sobre este padrão, cheguei à resposta da questão que por anos atormentou minha vida: por que a Coca-Cola vicia e a Pepsi não? Tendo fórmulas e sabores praticamente idênticos, deveria haver alguma explicação para este fenômeno. Naquele dia, meu insight finalmente revelara a resposta. É que a Coca tem dois cês no nome enquanto a Pepsi não tem nenhum.
Impressionante, hein?
E o computador e o chocolate? Estes dispensam comentários.
Os vícios alimentares conhecemos aos montes, principalmente daqueles alimentos carregados com sal e açúcar. Sal é cloreto de sódio. E o açúcar que vicia é aquele extraído da cana.
Algumas músicas também causam dependência. Recentemente, testemunhei a popularização de uma droga musical chamada “créeeeeeu”. Ficou todo o mundo viciadinho, principalmente quando o ritmo atingia a velocidade… cinco.
Nesta altura, você pode estar pensando: sexo vicia e não começa com a letra C. Pois você está redondamente enganado. Sexo não tem esta qualidade porque denota simplesmente a conformação orgânica que permite distinguir o homem da mulher. O que vicia é o “ato sexual”, e este é denominado coito.
Pois é. Coincidências ou não, tudo que vicia começa com cê. Mas atenção: nem tudo que começa com cê vicia. Se fosse assim, estaríamos salvos pois a humanidade seria viciada em Cultura

Comunique-se mais e melhor

Postado em Atualizado em

5 dicas para vencer as barreiras da comunicação e aproveitar melhor a vida!

          Expressar-se com facilidade e dominar a linguagem são habilidades que facilitam muito a nossa vida. Estamos o tempo todo nos comunicando, trocando ideias, sentimentos, experiências e aprendizados.  A comunicação é uma competência que aprendemos ao longo da vida e vamos aperfeiçoando com o tempo.

         Se prestarmos atenção, grande parte dos problemas cotidianos são provocados pela falta de comunicação ou má interpretação. Uma boa parte das pessoas tem dificuldades e receios ao se comunicarem e isso as afeta diretamente.

comunicacao barreiras

        Quando se tem predisposição para comunicação o ideal é desenvolver para ser mais assertivo. Barreiras como a timidez ou a falta de empatia são comuns e devem ser vencidas com esforço e disposição. Não falar o que sente ou não saber resolver questões cotidianas podem levar a problemas de relacionamento, conflitos no trabalho, crises de personalidade e até mesmo prejuízos financeiros.

      A aprendizagem contínua é o melhor caminho.  A comunicação é uma competência muito valorizada atualmente, seja no trabalho ou na vida social. Confira algumas dicas para desenvolver essa habilidade de forma rotineira para poder viver melhor.

1. Seja um bom ouvinte: O bom comunicador também deve saber ouvir. Dedique tempo para ouvir as pessoas e entender o mundo a sua volta. Assim, você conseguirá compreender o contexto, as expectativas dos outros e o que aquele lugar espera de você como comunicador.

2. Leia e escreva. A leitura é fundamental para desenvolver vocabulário e tornar sua comunicação e interpretação assertivas. Ela proporciona conhecimentos que vão te ajudar a construir suas opiniões e pontos de vista e isso será necessário quando precisar defender seus argumentos. A escrita é a forma de organizar suas ideias no papel. Isso garantirá mais clareza no momento da fala. Além disso, a escrita dá condições de avaliar bem os argumentos que serão expostos.

3. Seja participativo: Não fuja de momentos onde é necessário se expor. Participe de discussões, grupos, reuniões e apresentações. Seja proativo no trabalho, negocie e participe de projetos importantes. Procure conversar com as pessoas com quem tem intimidade e desenvolver as suas limitações.

4. Pratique: Comunicação é um exercício constante. Busque cursos, leituras e discuta sobre aquilo que você gosta. Fale na frente do espelho. Assista palestras e discursos de pessoas que dominam comunicação e observe seus pontos fortes.

5. Inteligência Emocional: A maioria das pessoas que possuem dificuldades de se comunicarem acaba por sofrer emocionalmente. Autoconhecimento é fundamental. Estude as suas emoções e barreiras para poder condicionar seu comportamento. Não deixe que essa dificuldade afete seus relacionamentos. Procure manter a calma e caso seja necessário procure ajuda de um profissional.

Linhaça: Dourada ou Marrom?

Postado em Atualizado em

Como escolher?

         Resistente, a casca da semente dificulta o acesso aos nutrientes que fazem sua fama. Então, para aproveitar tudo, o melhor é investir na farinha de linhaça. No caso da marrom, bem comum no Brasil, a quantidade de fibras alimentares é maior. Já a dourada, originária do Canadá, tem mais calorias e é rica em ácidos graxos ômega-3 e ômega-6 – bons para a saúde. Para barrar a compulsão alimentar, a versão escura é a mais indicada. “As fibras estimulam a saciedade, reduzindo, assim, a vontade de beliscar ao longo do dia”, explica a nutricionista Wânia Monteiro, professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Quando são as dores articulares ou o acúmulo de gordura abdominal que incomodam, a história muda. “Aí, eu recomendaria a farinha de linhaça dourada por causa do efeito anti-inflamatório”, diz a especialista. Esse tipo também é conhecido por ajudar no controle da pressão arterial. Como se vê, ambas têm virtudes. a escolha depende das suas necessidades.

Energia 

Farinha marrom 90 cal
Farinha dourada 128 cal

Carboidratos
Farinha marrom 2,6 g
Farinha dourada 4,4 gfarinha de linhaça emgrece

Proteínas
Farinha dourada 5,8 g
Farinha marrom 5 g

Fibras
Farinha marrom 12 g
Farinha dourada 7,6 g

Lipídios
Farinha marrom 6,6 g
Farinha dourada 9,6 g

Ômega-3
Farinha dourada 5,6 g
Farinha marrom 3,6 g

Produção Andrea Silva | Fonte: Wânia Monteiro, professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Paz de espírito e equilíbrio: a felicidade que almejamos pode ser encontrada dentro de nós

Postado em Atualizado em

         Muitas vezes, temos dificuldade de manter nosso equilíbrio interno. São problemas, doenças, relações desgastantes ou tropeços que nos levam a uma inquietude que drena todas as nossas energias em função de solucionar aquela situação.

         A saúde depende do equilíbrio, do estado da nossa mente. A serenidade é o melhor caminho para uma vida longa e feliz. Vivemos impondo a nós mesmo padrões de conduta e referenciais de valor. Revise os seus, para que nenhum problema, situação desagradável ou pessoa seja capaz de roubar a sua paz interior.

paz interior

        Liberte-se dos padrões e opiniões ditados pelos outros. Não dê ouvidos a maledicências ou fofocas. Não se impressione demasiadamente com a atitude das pessoas diante de você ou dos outros.

         Siga sua consciência e conserve a sua serenidade a partir de ações assertivas. Faça aquilo que acredita e esteja em paz com Deus. Não deixe que as pressões da vida moderna te adoeçam. Cuide do seu corpo e sinta-se bem por ser quem você é.

           Caminhe em frente e certo de que você é capaz de vencer desafios e obstáculos. Pratique o bem, perdoe e não guarde rancor. Fortaleça seus laços sociais, cuide de quem ama e perceba-se amado.

         Na maioria das vezes, a felicidade que almejamos pode ser encontrada dentro de nós. Quando seguimos em frente e confiamos em algo maior às dificuldades viram passado, as dores se amenizam, o amor abre portas e a vida muda. A alegria do bem que realizamos e a paz interior são essenciais para a nossa qualidade de vida.

Oswaldo Montenegro – Metade

Postado em Atualizado em

Que a força do medo que tenho
Não me impeça de ver o que anseio
Que a morte de tudo em que acredito
Não me tape os ouvidos e a boca
Porque metade de mim é o que eu grito
A outra metade é silêncio

Que a música que ouço ao longe
Seja linda ainda que tristeza
Que a mulher que amo seja pra sempre amada
Mesmo que distante
Pois metade de mim é partida
A outra metade é saudade

Que as palavras que falo
Não sejam ouvidas como prece nem repetidas com fervor
Apenas respeitadas como a única coisa
Que resta a um homem inundado de sentimentos
Pois metade de mim é o que ouço
A outra metade é o que calo

Que a minha vontade de ir embora
Se transforme na calma e na paz que mereço
Que a tensão que me corrói por dentro
Seja um dia recompensada
Porque metade de mim é o que penso
A outra metade um vulcão

Leia o resto deste post »

Maçã: propriedades e benefícios

Postado em

        O consumo regular de maçã é excelente para se prevenir e manter a taxa de colesterol em níveis aceitáveis, com a ingestão recomendada de uma unidade por dia. Esse efeito é devido ao alto teor de pectina, encontrada na casca.

         A fruta auxilia no processo de emagrecimento, pois a pectina dificulta a absorção das gorduras, da glicose e elimina o colesterol. O alto teor de potássio contido na polpa da maçã libera o sódio excedente, eliminando o excesso de água retida no corpo. Essas propriedades medicinais  produzem efeitos benéficos sobre o coração, tanto pelo elevado teor de potássio, quanto pela presença de pectina, que evita a deposição de gorduras na parede arterial, prevenindo a arteriosclerose, melhorando a circulação sanguínea, reduzindo o trabalho cardíaco e prolongando a vida útil do coração.

           A maçã também pode ser usada como uma espécie de laxante, pois auxilia na eliminação das fezes. Atua da seguinte maneira: durante a digestão, absorve a água, e, durante a eliminação, liberta esta água que ficou armazenada, não deixando que as fezes sequem e causem problemas como a prisão de ventre.

benefícios da maçã para saude

      A fruta contém as vitaminas, B1, B2 e Niacina, além de sais minerais, como fósforo e ferro. É rica em quercetina, substância que ajuda a evitar a formação de coágulos sanguíneos capazes de provocar derrames. A maçã é recomendada para pessoas com problemas de intestino, obesidade, reumatismo, gota, diabetes, enfermidades da pele e do sistema nervoso. A sua casca seca é empregada como chá para purificar o sangue e como diurético.

       Para melhor aproveitamento das suas vitaminas, o ideal é consumi-la ao natural (e com casca), pois é junto dela que está a maior parte das suas vitaminas e os sais minerais.

        Na hora de comprar, escolha as de casca de cor acentuada e brilhante, polpa firme, pesadas, sem partes moles, furos ou rachaduras.

 Fonte: Wikipédia

A obrigação de SER FELIZ

Postado em

          Estamos mergulhados em um turbilhão de informações, conteúdos e expectativas sobre quem somos e o que fazemos. Fomos educados segundo parâmetros culturais que impõe que cada um de nós é protagonista da sua própria vida. Ser feliz é consequência de uma vida bem vivida, é quase uma obrigação moral, afinal estamos vivos em um mundo cheio de possibilidade. Estão tudo em nossas mãos.

          Basta ligar a televisão ou assistir a um comercial. A obrigação de ser feliz é vendida pelo cinema, publicidade, livros e redes sociais. Todo mundo está empenhado em ser, ou pelo menos em parecer, feliz.  Se você não está no mesmo barco já tende a se sentir deslocado e culpar alguém ou alguma coisa pelo que acontecendo. O normal é fazer barulho, exibir e curtir a vida, pois afinal, só temos uma.

felicidade no trabalho

        Equilibrar família, namoro, trabalho, amigos, dinheiro e autorrealização não são tarefas simples, realizadas com aqueles 10 passos do livro de autoajuda. Isso exige dedicação, tempo e paciência. Além disso, a vida nos impõe vários fatores com os quais precisamos aprender a conviver ou superar.

         Esse cenário faz com que nos questionemos com frequência sobre o que estamos fazendo no mundo. Por isso, adiamos escolhas, evitamos reflexões, procrastinamos e adoecemos. Estresse, depressão, insônia, dores inexplicáveis e síndrome do pânico. As doenças do século estão relacionadas com a realização da grande tarefa que recebemos: ser feliz.

           Sabendo disso, o melhor a fazer é nos dedicarmos ao AUTOCONHECIMENTO. “Conhece-te a ti mesmo” disse Sócrates, para que compreendêssemos a relação com o mundo. Dedique tempo para entender o que é melhor para você. Descubra o que você gosta, foque naquilo que te dá prazer e faça isso, independente do que o resto mundo está fazendo. Avalie as suas escolhas, abrace as consequências e acima de tudo, aprenda com o que você vive.

         Poderíamos dedicar uma vida inteira a descobrir o que gostamos no mundo, mas também precisamos ser práticos. Por isso, não deixe de viver o seu momento. Abrace a sua vida e tudo aquilo que está inserido nela. Não espere ter mais idade, mais dinheiro ou mais tempo. A sua vida é o agora. Abra os olhos e tire o melhor proveito do hoje.